sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Mar e terra

Foste isco para os meus olhos pescadores, ou - se preferires -, carne para os meus olhos pecadores.

7 comentários:

  1. A gula, engula, é pecado pra lá do eGuador...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sorte a tua hesse: "não existe pecado do lado de baixo do Equador..." :)

      Eliminar
    2. Bem verdade, Marga...

      Eliminar
  2. Que eu saiba, o pecado mora no "bode" de cada um .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isabel, rapariga, tu tem lá cuidado com esse bode, a mangueira, e as desidratações...desidrata, logo mirra...e mais não digo.

      Eliminar
  3. Bren, tu não te enerves, porque eu já tenho tudo pensado. O pecado no bode é coisa que não me dá cuidado, mesmo que desidrate e mirre! Posso sempre beneficiar das constipações do outros. Um outro bode que espirre para cima de mim, ó homem, é certo e sabido que até flutoo no espaço... Dá para ver estrelas. Sabias? Esteja o tempo que estiver: chuva, granizo ou geada!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esteja o tempo que estiver: chuva, granizo ou merda!

      Eliminar