sábado, 25 de julho de 2015

«Posso esperar-te para o jantar?»


À mesa com Hannibal Lecter (amesendação)

O faqueiro, em prata, séc. XIX, de Christofle
O serviço, porcelana francesa da Tiffany
A toalha, em algodão de Damasco, também Christofle

A refeição é acompanhada de trufas brancas


e Batard-Montrachet, Grand Cru, 2002

3 comentários:

  1. Respostas
    1. Também?... Eu bem que convido, mas, o apetite alheio é escasso. Deve ser o calor.

      Eliminar
  2. Não admira! Annibal Lecter, o tal... Era capaz de aceitar para ver este aparato todo mais de perto. Assim, na penumbra, para ver melhor os efeitos das sombras. Depois tinha que abrir uma janela para não me faltar o ar. A beleza sufoca!

    ResponderEliminar