segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Tríptico vertical #2




9 comentários:

  1. Colocar o objeto da fantasia das crianças em poses adultas e culminar com a foto de um caçador adepto daquele ex-ator americano que estimula a matança pela liberação de armas nos USA? TSC TSC TSC

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No Brasil não costumam dizer que "um dia é da caça, outro é do caçador"?

      Eliminar
    2. ...não era o Charlton Heston?

      Eliminar
  2. Isto está-me a fazer cá uma confusão! Como é que o coelho vai ao cu à coelha, se estão, ambos vestidos? Devem ser coelhos arábes. Fizeram-lhes um buraco lá no sítio para aliviar as precisões!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isabel,in prima facie,como sabes que o coelho está a ir ao cu da coelha?...
      In secondo en el secolo XX in primórdios ad tempora, os casais acasalavam de roupa. ..ou não pegaste este tempo?

      Eliminar
    2. Isabel, devem ter um buraquinho no babygrow. :)

      Eliminar
    3. ó hesseherre, acasalavam de roupa mas tinha de haver orifícios por onde onde certas partes do corpo tinham de passar ou ficar expostas, não?

      Eliminar
  3. Caraças, o Olho Vivo está-me a fazer avariar a caixa dos pirolitos. Por vias das dúvias e por certos desmandos de que não reza a história, tempos houve, contaram-me, que uma mulher do povo, certinha, casta e pura, se casou. Na noite de núpcias é que foi o carago. Quando o homem se abeirou da moçoila, a fim de satisfazer seus instintos de macho bem guarnecido, ela desata a fugir pela noite fora a dizer que se nunca tinha sido puta, não era "agora", naquela altura, queria eu dizer, que o ia ser." Anda cá, Emília, gritava o marido, acirrado pelo desejo. Mas, ela, não! Corre pelo quintal fora e só apareceu no outro dia. Isto, dizem, que eu não vi!

    ResponderEliminar
  4. Malta, isto é a demonstração do Teorema. Pitágoras mostra à Hiptnusa que o seu cuadado é igual à soma dos redondos das tetas.

    ResponderEliminar