terça-feira, 25 de setembro de 2012

Agostino Arrivabene



O Psiconauta, 2007

39 comentários:

  1. Ora aqui está uma forma bem gira de se passar um dia. Mas atenção, não abusar para não fazer ferida...

    ResponderEliminar
  2. Excelente! É aqui que eu vou começar! É só "coisas" com mulheres e mais não sei o quê, quando se pode ter partido, ainda melhor, de um corpo e de um abandono destes! Vou arquivar e remoer...
    Oh, Francisco, sinceramente... Que exagero!...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Excelente mesmo! Gostava de ali estar, só, evidentemente. E ali não vejo uma mulher, mas um homem. Agora desenrasquem-se como puderem...
      E eu no lugar dele também "arribava bene" ao céu.

      Eliminar
    2. Ainda bem que ainda consegues distinguir os dois sexos...

      Eliminar
    3. É o tacto, Olho Vivo, tenho-o muito apurado. ;)

      Eliminar
    4. NAS FESTAS DE NATAL VOU TE ENVIAR UMA CUIA DE QUEIJO DO RENO (VAZIA, É CLARO) para recolheres espórtulas dos corações natalinos...:>)))

      Eliminar
  3. Também me parece um homem. Que acabou de lavar as partes pudibundas, e agora está a ver se acalmam as excitações que tal lhe provocou.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nã! Pela pose da mão esquerda, não há ali grandes, nem pequenas excitações. O tipo dorme. A mão direita toma conta do tesouro, não vá vir de lá alguma das formigas da Isabel e nhac!

      Eliminar
    2. Não vi ali sinais de atividade higiênica, um balde de água, um sabão, uma esponja, uma toalha, o chão seco...

      Eliminar
  4. Ó gente, eu t/b vejo um homem! Quando disse que eram só " coisas" com mulheres, queria dizer que, normalmente, é do que se faz mais alarde..

    ResponderEliminar
  5. Está deitado sobre a camisa... nos filmes, a rapariga veste sempre a camisa dele, tira-lhe o cigarro da boca para dar umas passas e trocam umas beijocas.

    Sozinho não tem tanta piada mas quem não tem cão caça com gato.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Woody Allen não pensa assim...

      Eliminar
    2. Margarida, o que eu vejo com olhos de lince é que o caucasiano, 25 anos, olhos azuis e cabelo castanho, repousa sobre duas esteiras comuns e colocadas em cruz, e se recosta numa almofada encardida, Ponto final.Ah, e tem pés chatos.

      Eliminar
    3. Aliás, estimada Margarina, também não tens um blogue? Porquê?

      Eliminar
    4. Por duas razões, hesseherre.

      1ª nunca conseguiria integrar a lista de blogues de Pipoco Mais Salgado e isso é um revés na vida de uma mulher -e eu não aguentaria,juro-te- só comparável a deixar o salto dos Louboutin (digo Louboutin porque fica sempre bem quando se fala de sapatos; na realidade não tenho nenhuns) preso na calçada portuguesa ou não fazer parte da shortlist do Man Booker ( por falar nisso, espero que ganhe a Hilary Mantel);

      2ª não tenho nada para dizer ( se calhar esta deveria ser a primeira...)

      Hesseherre, eu estou só a brincar e tu és um querido :)

      Eliminar
    5. Obrigado Margarida, és também muito querida, V. a Isabel e a Bren...

      Eliminar
  6. Meus queridos, deixem as formigas. Está a ouvir, Bren? Deixem as esteiras ou o pé chato. Está a ouvir, Olho Vivo? Deixa a camisa. Estás a ouvir, Margarida!
    Por favor, deixem-me amar este gajo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mama o gajo todo. Eu cá por mim não me oponho mas poupa-lhe/te os joanetes, pla tua rica saúdinha....

      Eliminar
    2. Seu estafermo! Ouve-me bem, já que eu sou meia atoleimada. Quando escrevi aquela coisa, só me faltou aquele ar alucinado, uma harpa e incendiar Roma! É assim que tu queres que eu faça um blog, para incendiar Roma?

      Eliminar
    3. Ó tratadora de bodes, formigas e cobrinhas que não matas, felizmente o ar alucinado já tu deves ter (graças a todas as divindades deste e de outros mundos, amén), não te faz falta a harpa já que andas sempre de mangueira em punho e incendiar almas e corpos nunca fez mal a ninguém, incendiadores e incendiados! Deixa-te de merdas e faz um blogue. Irra qu'é teimosa que uma boda!!!!

      Eliminar
    4. * que nem uma boda.

      Eliminar
    5. Vai Isabel, sem formigas, a boca bem aberta, esqueçe a falta de higiene, o facto de o gajo estar a dormir...vai fundo....mas depois escova a boca, os dentes, a língua...CREDO!;))

      Eliminar
  7. Assim:


    Adónis

    Tudo, na entrada da gruta, tinha a cor do chão onde o sol brilha.
    A pedra rude, ébria e nacarada de onde rolou a pérola
    Da concha aberta, insidiosamente pronta para a festa.

    Da água nem a bruma nem a transparência lhe perturbam a virilidade.
    Nem acrescentam ao êxtase o sémen derramado.
    Do corpo só o aviso. Nas mãos do Deus descansa a ostra desflorada.
    Enquanto Adónis dorme.

    Se lhe tocares, perdes-te.
    Se a sopesares, beijares e percorreres com lábios sequiosos, pára!
    Ordeno-te!
    Se, mesmo assim, a quiseres, prepara-te!
    Sentirás em ti toda a arrogância de um corpo que se retesa
    E morres.
    Abençoado seja o prazer que te consome.

    25-09-2012

    17 h e 13m

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isabel, não te zangues comigo mas o tipo tem um par de joanetes que parecem umas maracas...

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    3. Não arranjes um blogue, não ó totó!!!!

      Eliminar
    4. Margarida, HA HA HA HA HA HA HA. Essa foi mesmo boa. Sabes que me pareceu isso, mas depois achei que devia estar ver mal pq só reparei no pé esquerdo?

      Eliminar
    5. :))))Pois, pode tocar esta com os pés:

      Tico-tico
      Tico-tico
      O tico-tico tá
      Tá outra vez aqui
      O tico-tico tá comendo meu fubá
      O tico-tico tem, tem que se alimentar
      Que vá comer umas minhocas no pomar

      Eliminar
  8. Pois, tem! Tens razão! Caraças, estou cega de todo!

    ResponderEliminar
  9. Olha, tu sabes, o Klimt também pinta mulheres novas com artrose nos dedos!
    Caraças, tenho que ir à procura das formigas do Bren. Deve ser da chuva! Estou uma merda!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já para não falar do L. Freud e da Rego.

      Para me redimir da boca dos joanetes ofereço-te isto.Vais gostar.

      http://www.youtube.com/watch?v=_sEOK0En6Pk

      Eliminar
    2. Estás bem normal, enganas-te. Viu como todos querem teu BLOGUE?
      Sugestão: "A BOLINHA DE BACALHAU"
      aceitam-se outras sugestões galera....

      Eliminar
    3. aliás, "BOLINHO DE LÍNGUA" ia melhor, Isabel..

      Eliminar
  10. Margarida, não resisti! Descobriste o meu handicap. Já tomei nota do que quero no youtube. Vou devorar aquilo tudo!
    Meu Deus que maravilha! Mil vezes obrigada, Magui!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim!! Lindo, lindo, lindo. Obrigada Maguigas!!!Beijo.

      Eliminar
  11. Yes, beijo Isabel e Bren.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Beijo recebido e retribuído sem minhocas!

      Eliminar
  12. Meus queridos amigos:
    Eu não vou dissertar muito. Bom, vocês entendem que eu e a Margarida temos que ter um blog!
    As razões que ela apresentou são mais ou menos as minhas. Não tenho tempo! Eu gosto de passear pelo anãozinho e pelo Olho Vivo, pelo menos. Infelizmente, nºao tenho tempo para visitar outros blogues muito interessantes. E os donos costumam deixar aqui opiniões.
    Adorei o bode, as formigas e as cobras com que me relaciona o querido Bren, gosto de ti, pá, e gostei de saber que ando sempre de mangueira na mão para apagar os fogos que incendeio. Realmente para que quero eu a harpa!
    E depois, se tivesse um blog, perdia por lá o meu tempo e não vinha para aqui para a reinação! Estão a ver?
    Chiça, penico, o que eu escrevi! Gosto muito, muito, muito de vocês!

    ResponderEliminar
  13. Ai, sou uma boda... Ah essa é boa, Bren! O feminino de boda é cabra! Mas, eu entendo-te! Deixa ficar a boda, já que a festa fazemos nós!

    ResponderEliminar