sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Declarações para memória futura #4

Passos Coelho: «[...] nós sabemos que só vamos sair desta situação empobrecendo - em termos relativos, em termos absolutos até[...]».




Notar bem: a questão não é poupar; gastar menos, produzir e exportar mais; eliminar projectos inúteis e futuros elefantes brancos (TGV); desenvolver a agricultura, a indústria, as pescas e a piscicultura; diminuir a dependência energética; apoiar os produtos regionais e de regiões demarcadas ou com denominação de origem; não! no empobrecer é que está o ganho.

13 comentários:

  1. Anónimo15:01

    Eu acho que já estou a odiá-lo mais que o FDP-Mor Cavaco!!!!!!

    Já não o posso ver nem o ouvir!


    Carla

    ResponderEliminar
  2. Sodomizado com uma grade de minis ainda era pouco.

    Palhaço.










    (por regra não me repito, mas não estou muito inspirado hoje...)

    ResponderEliminar
  3. Esse gajo só diz é merda, no passado mês veio até aos Estados Unidos com esse discurso para emigrante ouvir...ele e o Paulinho das feiras e sua comitiva, com beberete pago pelo Governo e pompas de estadista. Nojo, pá nojo. E o pagode a aplaudir.

    ResponderEliminar
  4. Margarida18:29

    Quem votou nesta nódoa, devia ter vergonha!

    ResponderEliminar
  5. Eu falo, falo, falo e ninguém m'acredita. Esta nódoa ou outro qualquer, certo é que não se ouvem por parte da oposição alternativas muito diferentes, uns protestos aqui e ali, mas resumindo, lá continua tudo a puxar a brasa à sua sardinha. Os mesmos, há muito tempo no mesmo sítio. Criaram raízes. É mau. Isto só vai lá se cortarmos o mal pelas ditas.

    O em questão, nunca enganou ninguém, desde o 1º dia que apareceu a público, pelos deuses! Mais escarrapachado caquilo não podia estar, imbecilidades, umas atrás das outras.

    Margarida, e quem votou em quem votou, no passado? pois, que isto não vem só d'agora, não é? e não estou a falar de mim, que há duas putas de duas eleições pra inglês ver, que voto à esquerda. Só naquela de ver o qué que esses fariam, antes de começar a propagar as minhas ideias exterminadoras. Cambada de merdas, todos, isto devia mesmo era empobrecer tanto até falir e depois recomeçar-se tudo de novo. Como num pós terramoto. Ou num tsunami.

    Caraças que m'enervei.

    ResponderEliminar
  6. A coisa roça Orwell: “Guerra é Paz; Liberdade é Escravidão; Ignorância é Força”

    Pobreza é Riqueza?

    Temos de empobrecer...?!

    O Passos e os outros fundamentalistas de mercado ensandeceram.

    ResponderEliminar
  7. Margarida20:26

    Eu sei que a merda vem de trás, lá bem de trás, até do tempo do bimbo que come bolo rei de bocarra aberta.

    Isa, o que eu pretendi dizer foi que houve gente que apregoava aos sete ventos que este gajo é que era bom, porque era sério, que não mentia como o socas, que conhecia bem o povo porque mora em Massamá e mais não sei quantos "argumentos", todos reveladores do mesmo rigor de análise!

    Agora aqui têm a maravilha!

    ResponderEliminar
  8. ahhahahahahaha

    ai, porque mora em Massamá ... essa eu não tinha ouvido. Pois, parece que ele também conhece muito bem África, porque a mulher é de não donde de lá.
    Palavra que me pergunto, tanto e tanto,que raio aconteceu a este povo, de há umas décadas a este dia, dasse!

    ResponderEliminar
  9. Margarida20:31

    A oposição que podia representar alguma alternativa, é liderada por um coninhas. Estamos feitos!

    ResponderEliminar
  10. Anónimo15:16

    Coninhas disso eu gosto. :+))

    ResponderEliminar
  11. Anónimo05:07

    Tomei a liberdade de levar este excelente post para a minha página do FB.
    Maria Fernanda Sales

    ResponderEliminar